quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Encontrado o diário de Clarice Lispector


Caros amigos, como eu já havia dito na postagem anterior, vou postar alguns textos deste ano que escrevi na escola.

Neste texto, devíamos escrever uma notícia para uma revista. Para trabalhar os seus elementos: lide e corpo da notícia, além da imparcialidade do autor e os elementos que compõem o lide: o que? Quando? Onde? Quando? Como? E por quê?

Importantíssimo saber que nesta notícia todo o conteúdo é falso. Portanto, nada do que eu escrevi ali é verdade, existe ou aconteceu. É apenas um exercício de escrita criativa, sem compromisso com a verdade.

Segue a notícia (inventada), espero que gostem!

Encontrado o diário de Clarice Lispector

Ontem, Angélica Lispector, bisneta de Clarice Lispector, encontrou o diário de sua bisavó. Dentro de sua bolsa preferida. A senhora conta que estava fazendo a busca de uma foto antiga em seu guarda-roupa quando encontrou uma bolsa e nela estava um diário manuscrito.

No diário estão os rascunhos da autora e as coisas que ela fazia para se inspirar. Lá, ela conta sobre seus amores, desde o primeiro com 8 anos até o seu marido. Também encontramos descritos os momentos de sofrimento que ela passou como qualquer mulher de sua idade.

Angélica Lispector já confirmou que irá colocar o diário em exposição na semana que vem no museu da escritora e deixará lá até o fim do ano. Depois, a família irá colocá-lo em exposição em várias cidades do país. Além de entrega-lo para a editora Estrela, que fará a edição em formato de livro para ser vendido. Assim, todo o país poderá adquirir o livro e conhecerá um pouco mais sobre essa grande escritora brasileira.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir